• Home
  • /
  • Quem sou
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Promoções
  • /
  • Parcerias
  • /
  • Contato
  • Resenha: Pensei que fosse verdade - Huntley Fitzpatrick

    Livro:  Pensei que fosse verdade || Autor (a): Huntley Fitzpatrick || Editora: Valentina || Paginas: 336

    Um passado a ser esquecido. Um presente nada promissor. Um futuro a ser conquistado.

    “O PARAÍSO À BEIRA-MAR.”
    “O SEGREDO MAIS BEM GUARDADO DA NOVA INGLATERRA.”
    A ilha de Seashell, onde passei minha vida inteira, é tudo isso e muito mais. No entanto, a única coisa que eu quero é ir embora daqui.Gwen Castle nunca quis tanto dizer adeus à sua ilha natal quanto agora: o verão em que o Maior Erro da Sua Vida, Cassidy Somers, aceita um emprego lá como faz-tudo. Ele é um garoto rico da cidade grande, e ela é filha de uma faxineira que trabalha para os veranistas da ilha. Gwen tem medo de que esse também venha a ser o seu destino, mas, justamente quando parece que ela nunca vai conseguir escapar do que aconteceu – ou da ilha –, o passado explode no presente, redefinindo os limites de sua vida. Emoções correm soltas e histórias secretas se desenrolam, enquanto Gwen passa um lindo e agitado verão lutando para conciliar o que pensou que fosse verdade – sobre o lugar onde vive, as pessoas que ama, e até ela mesma – com o que de fato é.

    Em Pensei que fosse verdade, vamos conhecer a divertida história de um romance adolescente de Gwen Castle e Cassidy Somers.

    Gwen Castle é uma jovem de 17 anos, moradora de uma ilha chamada Seashell. Ela mora em uma casa com sua mãe, uma das melhores faxineiras da ilha, também com seu avô, Nic, seu primo, porém criados juntos e considerado como irmãos e o pequeno Em, um menininho que tem uma deficiência. Filha de pais separados, porém, ambos bem presentes na sua vida. Poderíamos dizer que Gwen leva uma vida normal com sua família, todavia, a alguns meses atrás, a mesma fez coisas que sujaram sua reputação. Com todas essas questões, Gwen almeja desesperadamente uma oportunidade para ir embora da ilha, mas será que ela será capaz de ir quando Cassidy Somers, a pessoa que inclui na sua história de desgraças e alegrias aparecer de volta na sua vida?

    Cassidy Somers é um rapaz de 18 anos e rico da cidade grande. Por fazer algumas travessuras, seu pai decidiu que ela teria que trabalhar como ''faz tudo'' da ilha Seashell. Passar temporariamente nessa ilha, e  perto de Gwen Castle, é lembrar de muitas coisas que os dois viveram. São momentos bons e ruins, além de desenterrar algumas lembranças que ambos não estão preparados para relembra-las.

    É várias histórias sendo desenroladas, grandes desenganos ao ritmo das paginas e o coração de Gwen ficando cada vez mas apertado ao ver Cass. Será que ambos deixarão de lado os grandes holofotes do passado e embarcarão em um amor picante e cheio de verdades esclarecidas?
    O livro da maravilhosa Huntley, é narrado em primeira pessoa pela Gwen. Nele podemos observar que a Gwen já passou por algumas situações que criou um certo conceito que contradiz da sua personalidade. Ela é um jovem estonteante. Com sua perspicácia de enfrentar muitas emoções ao mesmo tempo e mesmo assim continuar intacta, consegue transmitir o quanto ela é uma personagem digna de aplausos. Erros, todos comentemos e muitas vezes queremos fugir deles... Atitude competente? Talvez não, porém cada um tem a sua maneira de reagir a alguns fatos destrutivos. Ela consegue te encantar primeiramente pelo amor que demonstra com as pessoas ao seu redor e também por ser uma pessoa batalhadora que pensa em um futuro diferente, mesmo que seja tão distante da sua realidade. Como toda adolescente, ela tem seus dramas, todavia, Gwen se mostrou muito mas que uma simples adolescente imatura, ela mostrou que é uma garota que tem pulso firme e está disposta a falar o quer, e mostrar que veio para conquistar o coração dos leitores.

    Cass é maravilhoso. Conseguir admira-lo por ser um jovem raro nos tempos atuais da ficção romântica. Estamos acostumados em livros que o personagem é lindo, maravilhoso e um grosseiro sem limites. Mas Cass é diferente. Ele é romântico, do jeito dele, mas ele é. Consigo ama-lo por mostrar ser uma pessoa que amadurece ao decorrer das paginas e pela sua paciência de reconquistar a nossa Gwen.

    O livro não trata apenas de um romance juvenil, ele é além disso. É emoções, expectativas demais, e problemas que leva ao delírio de impulsividade. Conseguir amar perfeitamente a escrita da Huntley. Ela consegue prender o leitor com os fatos e os acontecimentos do livro. Ela mostra que apesar de ser um romance focado em Cass e Gwen, pode acontecer outras coisas e não destruir o livro e sim acrescentar. Confesso que ela subiu no meu conceito por tomar essa atitude tão certamente.

    Os personagens principais em si foram bem destacados nas suas ações. Todas as suas atitudes tiveram um ''porquê'', e a narrativa consegue fluir muito bem. A única coisa que faltou no livro, foi a narrativa pelo ponto de vista do Cass. Por muitos momentos eu queria entender o que o Cass achava em algumas cenas, mas sendo narrado por ele. Todavia, o livro tem uma história boa, com dramas familiares, com erros que cometemos e também com o romance, que é o foco principal.

    A capa tem tudo haver com o livro. É um romance de jovens, em um ilha, e na capa todo o cenário, está sendo bem representando. A escrita fluir lindamente, pois ela é bem entendida do começo ao final do livro. Pela primeira vez não conseguir despertar ódio há alguém do livro. Pelo contrário, gostei de todos! 

    O livro em si tem uma história boa. Indico para todas as pessoas que deseja algo leve para ler, ou está interessado em um romance juvenil, porém não muito ''chicletizado''.
    Site da Valentina | Página do Facebook | Twitter da Editora | Canal do YouTube

    12 comentários :

    1. Parece bem interessaste, já tô ficando louca com tanto livro bom que você mostra aqui rsrsr. Só tenho a agradecer!

      Dica da Nathy

      ResponderExcluir
    2. Eu já li outros livros da autora e não gostei muito da escrita dela. Queria que os enredos dela fossem mais desafiadores.

      http://laoliphant.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Oi Katia, tudo bem? Que resenha linda. O livro parece ser ótimo. Ele ja estava na minha lista de leitura. Vou coloca-lo no topo agora. Bjs
      http://www.facesemlivros.com/

      ResponderExcluir
    4. O enredo em si até que é interessante, mas infelizmente não me chamou atenção! Vou deixar anotado aqui se um dia me eu querer algo novo "mesmo não sendo o que curto" pretendo ler.

      Ótima resenha.
      Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

      ResponderExcluir
    5. Oiii Katia, tudo bem?
      Menina eu fiquei completamente apaixonada por essa obra e realmente adoraria ter a oportunidade de realizar a leitura, parece ser um romance e tanto e fiquei feliz de ver que ão é apenas só o juvenil.
      Abraços

      ResponderExcluir
    6. Hey, Nathy!

      Parece que você gostou mesmo do livro! :)
      Infelizmente ainda não me senti atraída pela história. Talvez, se eu ler mais resenhas, eu acabe mudando de ideia, não sei.
      Por ora, deixo a dica passar.

      Beijos!

      ResponderExcluir
    7. Olá!
      Eu gosto de ler infanto juvenil mas igual a esses que passam uma mensagem e abordam temas relevantes a idade.
      Curti demais a resenha.
      Bjs

      ResponderExcluir
    8. Adoro livros new adult, e a história parece bem interessante e os personagens com muitas questões para resolver. Adorei!!!! Bjs

      ResponderExcluir
    9. Olá, gosto muito desses romances juvenis, adorei a capa e gostei das suas impressões, ficou com vontade de ler e saber o que houve no passado dos dois e como vai desenrolar a história deles agora, tenho uma queda por mocinhos românticos e fofos, dica anotada, bjs

      ResponderExcluir
    10. Olá,
      Estou bem ansiosa para ler a obra.
      Fico muito feliz que Cass seja esse personagem encantador, romântico a seu modo e que consegue amadurecer no desenrolar da trama. Com certeza ele será o meu preferido quando fizer essa leitura.
      A capa é muito bonita e espero gostar tanto quanto você.

      http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Eu me apaixonei pela autora em Minha vida mora ao lado e não conseguia esperar poder ler esse livro. Claro que eu fiquei super apaixonada e concordo com muita coisa que você comenta em sua resenha. Tem o romance, mas não é só isso. É um livro leve, mas as coisas tem um motivo para acontecer e tem uma carga dramática ali no meio, sem precisar forçar a barra demais. O casal é o foco mas acontece muita coisa em volta que complementa a história e deixa tudo ainda muito mais interessante.
      Para mim, a autora é sinonimo de livro amorzinho *-*
      Beijinhos,
      Lica
      Amores e Livros

      ResponderExcluir
    12. Oá,
      Parece um ótimo romance jovem. Gosto de histórias leves assim que da pra espairecer um pouco né.
      Achei interessante se passar numa ilha, gosto de cenários assim.

      http://euinsisto.com.br

      ResponderExcluir